Jipeiros sergipanos fazem expedição à Amazônia

Nesta quinta-feira, 06, integrantes do Jeep Club Sergipe iniciaram uma longa jornada denominada ‘Expedição Sergipana 2020 na Transamazônica’. A ação é composta por 30 sergipanos, em 13 jeeps, e conta, ainda, com a participação de Jéssica Fraga (única mulher participante da expedição).

O roteiro deve percorrer mais de 14 mil quilômetros, saindo de Aracaju e passando por Serra do Ramalho / Brasília / Cuiabá / Vilhena / Porto Velho / Humaitá / Labria / Manaus / Aripuã / Apuí / Itaituba / Alter de Cima / Santarém / Uruara / Marabá / Picos / Salgueiro / Paulo Afonso e Aracaju.

Para Carlos Roberto Cerqueira, mais conhecido como ‘Robocop’, um dos mais experientes neste tipo de aventura, a ansiedade e a expectativa é muito grande para os próximos 30 dias. “A expedição transamazônica é a disney dos jipeiros, onde vamos ter pela frente muita aventura e lama, já que é disso que o jipeiro gosta”, disse.

Jessica Fraga não escondeu o entusiasmo. “A minha expectativa é de muita adrenalina, bastante lama e que todos os carros fiquem atolados para que a expedição seja completa”, citou a nova integrante -- que participa pela primeira vez da aventura ao lado do marido. Ela também lembrou que a aventura não lhe tira a simpatia e a feminilidade. “O kit de maquiagem vai estar sempre ao meu lado e será o meu amuleto”, concluiu.

Parceria

A ABRAJET Sergipe reforça a parceria com o grupo e informa que divulgará nas redes sociais os avanços da expedição. Outro parceiro é o Restaurante Sal e Brasa que sempre esteve presente nos rallys.

|Fonte e Foto: Assessoria de Comunicação

Notice internal ce5474b5de1eb4dd

Anunciantes