Membros do COMTUR participam de qualificação com técnicos do Sebrae

O fortalecimento do Conselho Municipal do Turismo foi objeto de uma oficina realizada na manhã desta sexta-feira, 16, pelos técnicos do Sebrae/SE, Bianca Farias (analista e gestora do Projeto Investe Sergipe) e Rafael Lucchesi (consultor), em parceria com a Prefeitura de Aracaju, por intermédio da Secretaria Municipal da Indústria, Comércio e Turismo (SEMICT).


 
A ação, integrante do projeto Investe Sergipe, desenvolvido em Sergipe pelo Sebrae, Ministério do Turismo e Governo do Estado, foi definida no mês de julho, em reunião com o secretário municipal da Indústria, Comércio e Turismo (Semict) e presidente do Comtur, Marlysson Magalhães, com vistas a aprimorar o entendimento dos conselheiros sobre o papel do Conselho e seus membros no desenvolvimento de políticas voltadas para o turismo. 

Convidado pelo secretário Marlysson Magalhães, o secretário de Estado do Turismo (SETUR), Sales Neto, pregou a união para a construção de políticas para o turismo. “Minha presença é para afirmar que o governo do Estado vai estar presente com todos, de forma profissional e focada, nas discussões do turismo, numa construção coletiva, com a participação de todos”, destacou.

O presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagens (ABAV), João Ávila, avaliou o encontro como um momento oportuno de reflexão para o turismo e pregou “positividade”. “Temos muito atrativos, muitas belezas, mas o que é mostrado sobre nós é quase sempre negativo. Parece que só temos coisas ruins e isso não é verdade. É preciso equilíbrio na cobertura entre as pautas negativas e positivas, para que, quem olhar pra gente, ver que temos coisas boas”, sugeriu. “Perfeito, é preciso vender o que se tem de bom e de melhor para gerar curiosidade positiva em quem está observando o destino”, completou Rafael Lucchesi.


 
Com base no Mapa do Destino do programa Lidera Turismo, coordenado pelo Sebrae/SE, foram formados 3 grupos de análise encarregados de apresentar missão e propósito; valores e princípios; e visão de futuro do Comtur, eixos que devem nortear as discussões e cenários que o colegiado acredita ser possível construir até 2030 para o futuro do turismo.


 
Rafael Lucchesi enalteceu o “nível de entendimento” dos conselheiros sobre o papel que devem desempenhar no Conselho e avaliou que Aracaju tem ótimas perspectivas de crescimento no setor do turismo. “Percebi que os membros do Comtur é formado por pessoas de altíssimo nível e com capacidade empreendedora para fazer o turismo acontecer. Saio otimista, com a perspectiva de crescimento da atividade turística em Aracaju. A cidade possui uma enorme riqueza histórico-cultural e quando o Brasil e o mundo descobrirem esse potencial, Aracaju vai bombar”, aposta o consultor. 

Ao final da capacitação, o secretário Marlysson Magalhães, acompanhado da equipe do Departamento de Turismo, presentou Rafael Lucchesi com a bolsa e camisa da campanha de promoção do destino “Venha Sentir Aracaju”. “Foi uma ótima reunião, com reflexões importantes passadas pelo Rafael e um rico debate com os membros do Conselho para que tenhamos uma visão estratégica do papel institucional do colegiado, que é compartilhar responsabilidades entre todos os agentes para desenvolver o turismo”, considerou o secretário.

Um novo encontro está previsto para acontecer na segunda quinzena de setembro, quando os membros do Comtur farão uma análise de diagnóstico da rede do turismo, “no sentido de identificar onde o relacionamento é mais forte, mais fraco, e o que o colegiado precisa fazer”, informou Lucchesi. 

   

Participaram da oficina representantes da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Sergipe (ABIH/SE), Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo (ABRAJET/SE), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes Sergipe (ABRASEL/SE), Associação Brasileira das Agências de Viagens (ABAV/SE), Associação Brasileira de Turismológos e Profissionais de Turismo seccional Sergipe (ABBTUR/SE), Instituto Banese, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em Sergipe (IPHAN/SE), Guia Sergipe Trade Tour, Universidade Federal de Sergipe (UFS), Instituto Federal de Sergipe (IFS), Sindicato do Turismo de Sergipe (SINDETUR/SE), Sindicato dos Guias de Turismo do Estado de Sergipe (SINGTUR/SE), além da Prefeitura de Aracaju, através da Secom, Sejesp, Semdec, Semict, Fundat e Emsurb. 

Para a realização da oficina, o Serviço Social do Comércio (SESC) disponibilizou sala, equipe de apoio e fornecimento de coffee break no Hotel SESC Atalaia. “O SESC tem sido um grande parceiro e mostra como é importante essa união de esforços em prol do fortalecimento do turismo em nossa cidade”, pontuou a diretora de Turismo da Semict, Luciana Kariny.

 

Fotos: Davi Costa

Fonte Semict

Notice internal 902a0566ee8a060f

Anunciantes