Ministério do Turismo certifica Aracaju no Mapa do Turismo Brasileiro

Integrar o Mapa do Turismo Brasileiro representa estar no raio de atenção do governo federal para acesso aos programas de desenvolvimento e financiamentos para a cadeia produtiva do turismo

Na última segunda-feira, 26, o Ministério do Turismo (Mtur) publicou a portaria nº 271/2019, instituindo os 2.694 municípios que compõem as 333 regiões turísticas no Mapa do Turismo Brasileiro 2019, instrumento criado no âmbito do Programa de Regionalização do Turismo, que orienta a atuação do Mtur no desenvolvimento de políticas públicas para o setor.

No mapa, constam informações turísticas sobre o município, divididas em atrativos turísticos naturais, atrativos históricos, manifestações populares, equipamentos e serviços de infraestrutura de apoio.

 

 

Aracaju é o único destino sergipano inserido na categoria A, faixa que classifica cidades com maior fluxo turístico, número de empregos e estabelecimentos no setor de hospedagem.

Para obter a certificação, a Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria Municipal da Indústria, Comércio e Turismo (SEMICT), encaminhou à Secretaria de Estado do Turismo (Setur) documentação comprovando possuir em sua estrutura administrativa órgão de turismo em atividade, conselho municipal de turismo funcionando e orçamento próprio destinado ao turismo, além de o município possuir prestadores de serviços registrados no Cadastur. “Desde abril deste ano trabalhamos na elaboração do nosso Mapa de atrativos e também organizando a documentação exigida pelo Mtur para obtenção do certificado. Um trabalho cuidadoso, que foi enviado para a Setur do Estado fazer os encaminhamentos junto ao Mtur e o resultado é esse, Aracaju com portas abertas no governo federal", explicou a diretora de turismo da Semict, Luciana Kariny.  

O certificado vai vigorar de 2019 a 2021 e na próxima atualização pode haver alterações no número de municípios e regiões turísticas. A versão anterior, de 2017, contava com 3.285 municípios, divididos em 328 regiões turísticas, por exemplo. "O mapa é dinâmico, por isso é preciso que estejamos atentos aos requisitos exigidos pelo Ministério do Turismo", observou Marlysson Magalhães.

De acordo com informações da Secretaria de Estado do Turismo, dos 75 municípios sergipanos, 46 foram cadastrados no Mapa do Turismo 2019, representando 61,3% do total de cidades, número considerado “muito alto” quando comparado a outros estados nordestinos como o Ceará, com 36,4% (67 das 184 cidades); 24,8% do Maranhão (54 dos 217 municípios) e 47,3% do Rio Grande do Norte (79 de 167).

Marlysson Magalhães destaca que o Certificado é mais um importante instrumento para “rodar a engrenagem” do turismo na capital” em parceria com o trade turístico e demais entidades ligadas à cadeia do turismo. “A filosofia de trabalho da gestão do prefeito Edvaldo Nogueira é planejamento e diálogo, e é isso que estamos desenvolvendo com todos os segmentos do turismo. Estamos todos conscientes da necessidade de trabalhar conjuntamente o turismo, e ter esse Certificado nos permite estar próximos do Governo Federal para atrair investimentos”, concluiu o secretário.
Fonte: Semict
Fotos: Kate Salomãi

Notice internal e0d28d798e227aee

Anunciantes