No mês de dezembro, 110 mil passageiros passaram pelo aeroporto de Aracaju

No mês de dezembro, o fluxo de passageiros que embarcaram e desembarcaram no Aeroporto Internacional Santa Maria foi bastante positivo. Em 2019, esse número chegou a 110.310 mil passageiros, superando o mesmo mês em 2018, 106.729 mil. O aumento do número de passageiros vem sendo registrado desde que o Governo do Estado reduziu o ICMS do querosene da aviação permitindo a entrada de novos voos para Sergipe, promovendo uma melhoria do setor turístico.

 

Além dos números, é possível também verificar a presença de visitantes por meio da movimentação dos pontos turísticos da capital, como a Orla de Atalaia, por exemplo. Os bares das praias de Aracaju, além de apresentarem movimento durante dias da semana, estão, em grande parte, ocupados por turistas do Centro-Oeste e Sudeste, alguns que já conhecem a cidade e outros que vem pela primeira vez.

 

A professora goiana Luciana Vellar está viajando em grupo e já esteve em Sergipe, mas voltou acompanhando amigos que ainda não conheciam o estado. “O pessoal é muito hospitaleiro, as praias são lindas, estamos muito satisfeitos. A praia é limpa, o atendimento é ótimo. Voltaríamos a Sergipe, com certeza”, conta.

 

Para o secretário do Turismo e Comunicação, Sales Neto, os números precisam ser comemorados, pois são frutos das ações do governador Belivaldo Chagas que teve a sensibilidade de firmar acordos com as principais companhias aéreas do Brasil, como a Azul, Gol e LATAM. O secretário ressalta também que o cenário no início de 2019 era difícil com a perda de voos após a saída da Avianca do mercado, mas as expectativas para o novo ano são boas. “A expectativa para este ano de 2020 é de contínuo crescimento de voos e de passageiros para fortalecer o nosso turismo. Estes resultados estão atrelados também às estratégias de comunicação usadas no ano de 2019 e a parceria de ações publicitárias em conjunto com a ABIH”, finaliza Sales.

 

Diminuição do ICMS

 

Em Sergipe, o governador Belivaldo Chagas reduziu de 18% para 12%, o preço do QAV. Além disso, quando há o acréscimo de dois voos a alíquota vai para 9% e para o acréscimo de três ou mais voos, o ICMS cobrado é de 5%. Em todos os casos com frequência semanal de pelo menos cinco viagens para cada voo.

Fonte : ASN

Notice internal 8d7e0e062473afd6

Anunciantes