Voos em Sergipe registram recorde de passageiros em novembro

Uma reunião entre a Infraero e a Secretaria de Estado do Turismo mostrou, a partir de dados repassados pelo superintendente da empresa em Sergipe, Wanderson Silva dos Santos, que o estado tem crescido cada dia mais enquanto atrativo turístico. Desde o início de operação dos novos voos, o número de turistas tem aumentado. Após a crise no sistema aéreo brasileiro, no primeiro semestre deste ano, provocada pelo cancelamento em massa de voos pela Avianca, os números de passageiros voltaram a subir nos últimos dois meses.

Entre os meses de setembro e outubro, o número de passageiros cresceu de 77.645 para 89.742. Mas a grande surpresa ocorreu no mês de novembro, quando o número de passageiros superou as expectativas, de 90 mil, e chegou a 99.481. Com tantos bons resultados, a expectativa da Infraero para dezembro é de 105 a 110 mil passageiros.

Segundo o secretário do Turismo e Comunicação, Sales Neto, os números são dados inéditos que precisam ser comemorados, pois são frutos das ações do Governo de Sergipe, que firmou acordos com as principais companhias aéreas do Brasil, como a Azul, Gol e LATAM. “Firmamos acordos com essas empresas e tornamos a implantação de novos voos mais atrativa, baixando a redução da base de cálculo de incidência do ICMS sobre o querosene de aviação (QAV) que recebeu algumas condições especiais", lembra. Em Sergipe, o governador Belivaldo Chagas reduziu de 18% para 12%, o preço do QAV. Além disso, quando há o acréscimo de dois voos a alíquota vai para 9% e para o acréscimo de três ou mais voos, o ICMS cobrado é de 5%. "Em todos os casos com frequência semanal de pelo menos cinco viagens para cada voo”, completa Sales Neto.

O secretário frisa ainda que esses resultados estão atrelados às estratégias de comunicação usadas no ano de 2019. “Tudo está alinhado às campanhas de divulgação do destino Sergipe em feiras e eventos, e a parceria de ações publicitárias em conjunto com a ABIH.

Fonte: ASN

Notice internal 250993983e29d76d

Anunciantes