Cover city 18bd5f66835df688

ESTÂNCIA

Estância, cidade localizada a poucos  66 km da capital, Aracaju, é considerada a Capital Nacional do Barco de Fogo, Berço da Imprensa Sergipana, cidade cultural e musical. O centro histórico, que resiste ao tempo, proporciona ao visitante sobrados cobertos por azulejos portugueses, além de uma vila operária e o fabrico dos tradicionais fogos de artifícios, principalmente, o sergipaníssimo barco de fogo.

O município ganhou esse nome ainda em tempo de povoamento, no século XVII, quando os seus primeiros colonizadores, notadamente , o mexicano Pedro Homem da Costa,  por conta da quantidade de propriedade de criação de gado e dos estancieiros.

A sede municipal não fica na zona litorânea, mas localiza-se às margens da BR 101, no território Sul de Sergipe, com uma população estimada em 69.184 hab (Dados IBGE 2019)  seu primeiro povoamento data de 1621. Seus primeiros passos econômicos seguiram em direção ao cultivo da cana de açúcar e à criação de gado, devido, ao fator geográfico de estar entrecortada   pelos rios Piauí e Piauitinga,  facilitando  sobremaneira as duas atividades.

A sede municipal já possui catalogados mais de 46 casarões coloniais, alguns deles no entorno do denominado Paço Municipal. Mas a constante reutilização para lojas comerciais e a ação do tempo,  sem restauros, têm descaracterizado o patrimônio histórico da cidade.  Entretanto,  ainda se constitui num bom destino a ser visto da arquitetura colonial em Sergipe.


Informações : Secretaria da Cultura e Turismo. Fone:  (79) 3522-0131

PASSEIOS E ATRATIVOS

Attraction category big 2dd7c36af184f687

Bairro do Bomfim

Attraction 6a6c46cdb934a3f6
Ponte Dom Pedroll
Foto por: Prefeitura

Fora do centro da cidade é possível conhecer a famosa ponte histórica sobre o rio Piautinga, que interliga a cidade ao bairro do Bomfim.

Conhecida popularmente como Ponte do Bonfim, foi construída sobre o rio Piauitinga, em meados do século XIX, com pedras e óleo de baleia. Possui grandes arcos em estilo romano para a passagem das águas. A ponte foi utilizada pelo imperador Dom Pedro II e sua comitiva quando de sua visita aos bairros da cidade. Ainda hoje faz a ligação do centro do município  ao populoso Bairro Bonfim.

No bairro Bomfim, as velhas fábricas merecem ser visitadas. Entre em contato com antecedência com o setor de Turismo da Prefeitura Municipal ou com seu agente de viagem.

 

Paço Municipal

Attraction d5e48f27b99ae5cdFoto por: Prefeitura

Percorra o Paço Municipal e observe o casarão,  tombado pelo Iphan, em 27 de julho de 1962, que abrigou D. Pedro II. Outros casarões que devem ser visitados  são os sobrados e casas azulejadas, tombadas pela Secretária de Cultura do Governo do Estado de Sergipe, que se destacam na paisagem urbana da Avenida Gumercindo Bessa. Também são tombados pelo Governo Estadual a Igreja de Nossa Senhora do Rosário e a pintura em óleo sobre tela “Misericórdia e Caridade”, de autoria de Horácio Hora, instalada no Hospital Amparo de Maria.

Anunciantes