Cover city 4f26093de0741a62

ESTÂNCIA

Estância é um município do Estado de Sergipe com quase 70 mil habitantes e distante 68 km da capital Aracaju. Com mais de 300 anos de história e 169 anos de elevação à categoria de cidade, foi chamada de “Jardim de Sergipe” pelo Imperador D. Pedro II quando a visitou em 1860.

Considerada como “Cidade Berço da Cultura Sergipana”, título que ostenta com muito orgulho devido ao pioneirismo nas artes, na literatura e na imprensa em Sergipe, também se destaca pela diversidade de manifestações culturais e grupos folclóricos no período junino, como o Samba de Coco, a Batucada, o Pisa Pólvora, as Quadrilhas e a confecção de fogos de artifício: espadas, barcos de fogo e busca-pés.

A cidade de Estância possui um riquíssimo patrimônio arquitetônico, composto por igrejas históricas e sobrados com fachadas revestidas por azulejos portugueses. Algumas dessas edificações foram tombadas pelo IPHAN e pelo Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural do Estado (Dphac).

Essa riqueza é completada pelas belezas naturais existentes no município, com a sua diversidade de ecossistemas (praias, rios, dunas, lagoas, manguezais e reserva de Mata Atlântica).

No aspecto econômico, a cidade possui uma vocação industrial, com destaque para o setor têxtil, produção de sucos e bebidas alcoólicas.


*Secretaria de Turismo -79-3522-1143

PATRIMÔNIO ARQUITETÔNICO

Attraction category big 619be1b4f8fac7ce

A cidade de Estância, ao longo de sua história, foi adquirindo uma arquitetura exuberante e invejável, com seus trapiches, coretos, casarões e palacetes em estilo neoclássico, revestidos de azulejos portugueses, que incorporaram características romanas, góticas e barrocas. Apresenta ainda uma ponte arqueada, edificada, em meados do século XIX, em pedras e óleo de baleia. Apresenta também praças com árvores e palmeiras imperiais centenárias. Por tudo isso, Estância possibilita aos seus habitantes e turistas vivenciarem os tempos do império brasileiro, o que faz dessa cidade uma das mais imponentes do interior sergipano. 

A Centenária Ponte D. Pedro ll

Attraction 1775189c55b3c0ac

Conhecida popularmente como Ponte do Bonfim, foi construída sobre o rio Piauitinga, em meados do século XIX, com pedras e óleo de baleia. Possui grandes arcos em estilo romano para a passagem das águas. A ponte foi utilizada pelo imperador Dom Pedro II e sua comitiva quando de sua visita aos bairros da cidade. Ainda hoje faz a ligação do centro do município com o populoso Bairro Bonfim.

Azulejaria Portuguesa

Attraction b84ddb9631284ed5

A cidade de Estância conserva uma das maiores coleções de azulejos portugueses do Brasil, comparável apenas à cidade de São Luís do Maranhão. Esse acervo é encontrado em toda a extensão da principal rua de seu centro histórico. Grande parte dessa azulejaria foi tombada pelo Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural do Estado (Dphac). 

Vila Operária

Attraction e6152a843d65f294

A Vila Operária foi construída entre 1937 e 1941, pelo então proprietário da Fábrica Santa Cruz Júlio Leite, para melhor acomodação de seus funcionários. Conserva até os dias atuais residências padronizadas, o antigo centro de recreações (Cassino), o estádio de futebol, a biblioteca e o cine-teatro (Gonçalo Prado), lembranças de um tempo marcado pela beleza e sobriedade de um complexo residencial planejado para os que serviam à indústria estanciana.

Anunciantes