Cover city 4f26093de0741a62

ESTÂNCIA

Estância é um município do Estado de Sergipe com quase 70 mil habitantes e distante 68 km da capital Aracaju. Com mais de 300 anos de história e 169 anos de elevação à categoria de cidade, foi chamada de “Jardim de Sergipe” pelo Imperador D. Pedro II quando a visitou em 1860.

Considerada como “Cidade Berço da Cultura Sergipana”, título que ostenta com muito orgulho devido ao pioneirismo nas artes, na literatura e na imprensa em Sergipe, também se destaca pela diversidade de manifestações culturais e grupos folclóricos no período junino, como o Samba de Coco, a Batucada, o Pisa Pólvora, as Quadrilhas e a confecção de fogos de artifício: espadas, barcos de fogo e busca-pés.

A cidade de Estância possui um riquíssimo patrimônio arquitetônico, composto por igrejas históricas e sobrados com fachadas revestidas por azulejos portugueses. Algumas dessas edificações foram tombadas pelo IPHAN e pelo Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural do Estado (Dphac).

Essa riqueza é completada pelas belezas naturais existentes no município, com a sua diversidade de ecossistemas (praias, rios, dunas, lagoas, manguezais e reserva de Mata Atlântica).

No aspecto econômico, a cidade possui uma vocação industrial, com destaque para o setor têxtil, produção de sucos e bebidas alcoólicas.


*Secretaria de Turismo -79-3522-1143

TURISMO RELIGIOSO

Attraction category big d9f27d59da0bf4f2

Turismo Religioso

Attraction 16977bf80e09ad03

O turismo religioso vem ganhando força na cidade de Estância. A cidade possui igrejas com exuberante beleza arquitetônica, a exemplo da antiga Matriz de Nossa Senhora de Guadalupe (atual Catedral Diocesana), da Igreja do Rosário, construída por uma irmandade de escravos, e da Igreja do Amparo, edificada por uma irmandade de homens pardos. Há também outras igrejas com valor histórico singular, a exemplo da Igreja da Boa Viagem - localizada na praia do Saco, em frente à qual foi erguido um marco em pedra alusivo à colonização dos jesuítas. Esse roteiro religioso se completa com as Igrejas da Santa Cruz e do Bonfim, em torno das quais surgiram núcleos urbanos, e o monumento do Cristo, localizado no bairro Porto D’ Areia, comunidade de origem quilombola, com seus velhos trapiches e uma encantadora reserva de Mata Atlântica.

Anunciantes