Cover city fd35ee5721f62f77
Fonte:

CARMÓPOLIS

Carmópolis, cidade do petróleo e da religiosidade

Com fácil acesso pela BR-101, distante apenas 47km da capital Aracaju, Carmópolis tem estrutura e natureza que, aliadas, fazem desta cidade um roteiro turístico para os amantes da natureza, da cultura e da religiosidade.

Quem vê a cidade de Carmópolis, ,nem imagina que ela surgiu de uma pequena povoação denominada Rancho. À época, o lugar servia apenas de passagem para a Mata do Bom Sucesso, terra ocupada por negros que fugiam dos engenhos da região Contiguiba. Com o crescimento da população pertencente ao município de Rosário do Catete, o povoado foi crescendo e logo se elevou à categoria de vila (26 de outubro de 1894), tendo seu nome alterado para Carmo, devido à grande influência dos frades Carmelitas. Mais tarde, por causa da presença marcante desses religiosos, o município passou a se chamar Carmópolis, tornando-se independente de Rosário em 16 de outubro de 1922. Com o passar dos anos, Carmópolis foi tomando novos rumos. Os prefeitos que por ali já haviam passado trouxeram algumas renovações para o município, mas nada que pudesse revigorar a economia local. Todavia, no dia 15 de agosto de 1963, um novo capítulo da história do pequeno município começou a ser escrito. A Petrobras, que havia intensificado os estudos geológicos da área, fez jorrar petróleo nas terras da Fazenda Mercês, colocando em produção o poço CP1, o maior campo terrestre do país em volume recuperável de óleo. O petróleo trouxe desenvolvimento e impulsionou a economia do município.
*SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA ESPORTE E LAZER-(79) 3277-2159