Cover city edaa299dad4f72b4
Fonte: Leandro Correia

LAGARTO

Lagarto, lugar onde se respira cultura, distante da capital, Aracaju, 75km. Conhecida em tempos remotos como a Cidade Ternura, tem sua história iniciada em 1597, sob a tutela militar de Antônio Gonçalves de Santomé, filho de Cristovam Lagarto (tradicional família europeia, cuja origem data do século XIV).

O surgimento do atual nome da cidade, durante anos, foi atribuída a uma pedra em formato de réptil, mas, na verdade,  está relacionada ao nome  do fundador do povoado Santo Antônio,  em 1604. Santomé, vulgo Lagarto, colonizou as terras daquele povoado sob as bênçãos dos Carmelitas vindos de Salvador, que instalaram um convento localizado em Palmares (Riachão do Dantas).

As terras do Lagarto passaram a se chamar Nossa Senhora da Piedade, com a criação de sua Freguesia em 1669. Dez anos depois, as autoridades eclesiásticas criaram a paróquia com o mesmo nome. Com o desenvolvimento inicial do lugar, cria-se, no dia 20 de outubro de 1697, a Vila de Nossa Senhora da Piedade do Lagarto e,  em 20 de abril de 1880, é elevada á condição de cidade denominada Lagarto.

Berço de inúmeros intelectuais de renome nacional, a exemplo de Sílvio Romero, Laudelino Freire e Aníbal Freire, com comércio dinamizado e uma indústria em franco crescimento, conserva o bucolismo das cidades interioranas de Sergipe, com uma população de 104.408 pessoas (Estimativa IBGE 2019).

Atualmente, Lagarto é uma cidade universitária e desponta no interior sergipano com grandes potencialidades econômicas, do mesmo modo que Arapiraca (AL) e Feira de Santana (BA).

 

 

*Informações: Secretaria Municipal da Industria, Comércio e Turismo - SEMICT - Fone: (79) 3631-3394