Cover city 77f951c0ec7b44aa

NEÓPOLIS

Distante 121km de Aracaju, Neópolis é considerada a capital sergipana do frevo por manter o bloco do Zé Pereira e ponto de embarque para se conhecer a Rota do Imperador. Localizada às margens do rio São Francisco, no território do Baixo São Francisco, com uma população estimada de 18.719hab (Dados IBGE 2019) tem uma orlinha, com uma boa infraestrutura. O município foi fundado com o nome de Santo Antônio de Vila Nova, em 18 de outubro de  1679, e foi elevado à categoria de vila em 1733, com a denominação de Vila Nova Del Rei. Em 1817, perde quatro quintos do seu território para a criação da freguesia de Santo Antônio do Urubu de Baixo, hoje, e em 1940 passa a se chamar Neópolis.

Neópolis é uma das únicas cidades de Sergipe que tem duas igrejas católicas na mesma praça, uma de frente para a outra. A Igreja de Nossa Senhora do Rosário foi a primeira a ser construída, no século XVII, é considerada uma das mais antigas de Sergipe.

Na época da colônia, a forca ficava ao lado da igreja. Quando os negros eram condenados à morte iam à igreja de Nossa Senhora do Rosário, protetora dos negros, pedirem perdão e confessar os motivos pelos quais foram condenados à morte.

A igreja   de  Santo Antônio foi construída para ser a matriz da cidade, substituindo a da Nossa Senhora do Rosário, mas, em 1813, o inverno foi de muitas chuvas, seu teto desabou e a Nossa Senhora do Rosário voltou a ser a matriz.

Informações: Secretária de Turismo e Lazer. Fone (79) 3344-2914

CULINÁRIA

Attraction category big fa80b5bc59865cd0

Vale a pena conferir as delicias dos pescados do rio São Francisco, como o surubim grelhado ou ensopado, a caldeirada, o tambaqui e a xira, o ensopado de camarão de água doce, o robalo com camarão ou até mesmo um guisado de carneiro.

Anunciantes