Cover city 10c0389c1f112cea

POÇO REDONDO

            Visitar Poço Redondo revela-se um convite desafiador para desvendar o fascinante universo do fenômeno social do Cangaço.

            O município está inserido na região Semiárida, situa-se na microrregião do Sertão do São Francisco Sergipano e foi criado em 25 de novembro de 1953. Fica a 187 km de Aracaju e possui uma área territorial de 1.220 km², sendo o maior município de Sergipe, sua população é estimada em 34.147 habitantes. A fauna e a flora do município são típicas do bioma Caatinga.

            Os elementos da paisagem natural em Poço Redondo, por constituírem um belo  e diversificado conjunto de atrativos,  se revelam com  um forte potencial para as práticas de Turismo: Ecoturismo, Turismo de Aventura, turismo Rural, Cultural e de Base Comunitária.

            Dentre as potencialidades Turísticas destacam-se:

 Locais de memória do Cangaço: 23 km banhados pelo São Francisco com suas praias, a Serra da Guia, cachoeiras, furnas, piscinas naturais, sítios arqueológicos e paleontológicos.

            Devido ao fenômeno social do Cangaço, que aconteceu na década de 1930 aqui no Nordeste, por Poço Redondo ter contribuído com a maior leva de jovens (rapazes e moças) para o Bando de Lampião e também por  ter “acoitado” (acobertado, dado guarida) os bandoleiros da Caatinga, entre os anos de 1929 a 1938, merece o epíteto de  Capital do Cangaço. 

            Tudo isto já é de domínio público internacional a ponto de atrair milhares de visitantes à Grota do Angico (Local da morte de Lampião, Maria Bonita e mais nove Cangaceiros no dia 28 de julho de 1938).  Atualmente esse atrativo conta com uma boa infraestrutura a exemplo do Monumento Natural Grota de Angicos (MONA), além do Parque Ecológico Angicos e o Cangaço EcoParque, ambos às margens do Velho Chico. 

            O município conta ainda com artesanato diversificado, folguedos populares - cavalhada, vaquejada, samba de coco, pastoril, ternos de zabumba, bandas de pífano, grupos de teatro e grupos de Xaxado. A cerca de 750 metros de altitude, na Serra da Guia, é possível encontrar-se resquícios de comunidades negras da época da escravidão no Brasil e no seu topo um orquidário selvagem, raro para a região semiárida.

* Prefeitura Municipal de Poço Redondo 79 3337-1332

ATRATIVOS TURÍSTICOS - Ligados ao Cangaço

Attraction category big 6ab64af7a9ed19a6

A Grota do Angico

Attraction 30f7785396f21585

Localizada a 750 metros do Rio São Francisco, compõe um cenário de beleza cênica, histórica e natural, a Grota do Angico atualmente é uma área tombada pelo estado de Sergipe e se denomina Monumento Natural da Grota do Angico (MONA).

            O MONA está situada a cerca de 30 km da sede do município, uma vez tendo chegado ao MONA o Turista percorre cerca de 1,5 km de trilha até a Grota (local de refúgio e chacina de Lampião, Maria Bonita e mais nove cangaceiros na madrugada do dia 28 de julho de 1938), onde ocorreu o massacre de Angicos. Pondo assim um fim ao fenômeno social que tanto marcou o Nordeste e a sua região caatingueira. 

O Combate de Maranduba

Attraction b2d0bb321decf832

No dia 10 de janeiro de 1932, a fazenda Maranduba (localizada a 22 km a noroeste da sede do município) foi palco do último grande combate entre o bando de Lampião, as forças volantes e os Nazarenos paisanos que se juntaram aos policias na luta contra os cangaceiros. Lampião, com grande experiência e destreza armou uma emboscada para seus adversários. Este episódio passou a ser chamado de o “Combate de Maranduba” e faz parte da história do Cangaço na região.

Serra da Guia

Attraction f26c2fb5e82268c6

A 42km da cidade de Poço Redondo encontra-se a Serra da Guia, área contínua de mata tropical, com espécies de 15m de altura e  hospedarias de orquídeas Labiata. É o ponto mais elevado do território Sergipano atingindo os 750m. Para quem gosta de aventuras e deseja chegar ao topo, existe uma trilha que só permite a passagem de pedestres, montarias e motocicletas.

 Atualmente 200 famílias formam o Quilombo da Guia. Na comunidade também mora Dona Zefa, famosa parteira e rezadeira. Seu terreiro é visitado por muitos seguidores que buscam orientação e alívio de mazelas através das intercessões desta xamã quilombola. 

Anunciantes