Cover city 020a8772fbc158c2

PORTO DA FOLHA

O município de Porto da Folha localiza-se na região semi-árida sergipana, a pouco mais de 190 km da capital. A cidade orgulha-se de está às margens do rio São Francisco, fato este que deu acesso aos colonizadores holandeses na região por volta do século XVII.   Basta observar as características da população, para perceber a miscigenação entre holandeses e brasileiros.

A história da região confunde-se com a presença de colonizadores holandeses no Baixo São Francisco e com o povoamento agrário no sertão sergipano .Promissora para o turismo, Porto da Folha sinaliza que o setor caminha para as regiões das Ilhas de São Pedro e do Ouro.

O município orgulha-se de ser o único no Estado que ainda mantém uma tribo indígena em aldeamento: Xokó. Também é bastante visitado o povoado quilombola Mocambo, onde a história de luta e resistência está presente na comunidade.

O município é estritamente agrícola e pesqueiro, fazendo com que os costumes de sua população estejam ligados ao campo e ao rio São Francisco, mesmo estando em terras áridas do sertão brasileiro. O abóio, a vaquejada, o gado estão presentes nas histórias e vidas dos mais de 26 mil habitantes (IBGE 2009). Porto da Folha é um destino turisticamente que caminha para o interior.

*Prefeitura Municipal de Porto da Folha - 79 3349-1299/1515/ 1476

ROTADO QUILOMBO MOCAMBO

Attraction category big d02b775d09dfdca2

Turismo Rural Comunitário

Attraction e12d511db357dc69
Quilombolas-Povoado Mocambo

O Quilombo Mocambo é uma comunidade quilombola rural que teve a origem de sua formação no Alto Sertão de Sergipe, no município de Porto da Folha. A comunidade possui uma história de muita luta pelo território, que é o espaço de sua existência e manutenção de sua cultura, e comemora com vitória após receber o reconhecimento, em 1997, pela Fundação Cultural Palmares junto com a titulação das terras. Está distante 190 km de Aracaju e situado às margens do rio São Francisco, no bioma da caatinga que garante agradáveis banhos de rio e lindas paisagens, somadas a isso diversas pessoas produzem deliciosos queijos e doces e o samba de coco é o símbolo da cultura local. Atualmente, os moradores se uniram para trabalhar com o turismo de forma organizada em um Projeto, a Rota do Quilombo Mocambo – Turismo Rural Comunitário. O modelo desenvolvido pela comunidade é o Turismo de Base Comunitária (TBC) onde os moradores estão à frente da organização e são os beneficiários prioritários da atividade, também oferecem os diversos serviços de hospedagem, alimentação e guia local. O turismo que é ofertado na comunidade tem a intenção de proporcionar, além disso, um encontro cultural entre visitante e visitado na área rural, onde os quilombolas são os protagonistas. O roteiro preparado pela comunidade inclui tour pelo território, tour pela comunidade, momento cultural com apresentação do grupo de samba de coco, contação de histórias por morador sobre as lutas por terra e a formação da comunidade, visita à produção agroecológica, banho no Rio São Francisco, conversas com os membros do Projeto, almoço, jantar e hospedagem domiciliar. O passeio é encantador e as pessoas da comunidade são muito acolhedoras. O Quilombo Mocambo só recebe visitantes mediante agendamento, pois precisa se prover para recebe-los. São todos muito bem vindos para vivenciar a cultura quilombola!

Viviane Castro.

Turismóloga e Coordenadora do Projeto

Informações e Agendamento:(79) 99162-4805 WahatsApp

Anunciantes