Cover city 87c7dc07ab0760d1

SANTANA DO SÃO FRANCISCO

Arte e lazer estão presentes em Santana do São Francisco. Localizada a pouco mais de 120 km de Aracaju, a cidade, que era conhecida como Carrapicho, possui pouco mais de 6.500 habitantes (IBGE 2009) em que 120 deles faz do barro a matéria-prima para esculpir imagens, peças figurativas, utensílios domésticos e vasos decorativos.

O comércio local gira em torno da cerâmica. Em cada esquina são diversas variedades de utensílios e esculturas expostas nas calçadas das casas, secando ao sol. Em cada fabriqueta ou ateliê, o artesão produz mais de 40 mil peças por mês fazendo da cidade um verdadeiro centro de exportação de peças figurativas, panelas de barro e filtros de água.

Por ficar às margens do rio São Francisco, a cidade também desponta como atrativo turístico para quem gosta de lazer em contato com a natureza. As canoas to-to-tó e as seculares lavadeiras conferem um desenho bucólico à beira-rio. Os cânticos são entoados e cada uma delas sabe uma lenda diferente sobre o Velho Chico. Como se pode perceber Santana do São Francisco é cultura e lazer.

ARTESANATO

Attraction category big 21eddc138faa16f2

Artesanato

Attraction 36df59c31fd8556e

Beto Pesão, Cachoba, Capilé, Juquinha, Gilmar, Cristina Francisca, Zé de Flora, Edílson Fortes, Pedro das Pedras são alguns representantes da arte da localidade. São eles que contribuem para que Sergipe seja o estado do nordeste que apresenta maior número relativo de ocorrências de produção artesanal, com 65 dos municípios produzindo artesanato, representando aproximadamente 87% do total de municípios do estado e um cadastro de 4.720 artesãos.

As bonecas “nega maluca” e a figura do nordestino esculpida com grandes pés são as mais procuradas, além de utensílios domésticos, como filtros e panelas.

Anunciantes